Agora no PDT, Kátia Abreu quer disputar governo do Tocantins

Como o Últimas de Brasília publicou em novembro de 2017, a senadora Kátia Abreu realmente filiou-se ao Partido Democrático Trabalhista (PDT). Nesta segunda-feira (02) aconteceu um ato em comemoração, em Palmas (TO) com a presença do pré-candidato da legenda à presidência da República, Ciro Gomes.

Kátia aproveitou para relembrar seu desejo de ser candidata ao governo de Tocantins “para combater a pobreza e a corrupção”. De acordo com a assessoria, cerca de mil pessoas estiveram presente.

Para quem não se recorda, Kátia Abreu era filiada ao antigo PMDB, hoje MDB, e foi expulsa ano passado após um processo no comitê de ética do partido. O processo foi liderado pelo então presidente do diretório da Bahia, Geddel Vieira Lima – hoje preso. Até então Ministra da Agricultura, Abreu foi “acusada” de ficar ao lado de Dilma na quebra de aliança com o PT, à época do Impeachment.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *