Competição inédita aproxima criador da pista

Iniciativa fez parte do Leilão Excelência Lince & Canaã realizado no último final de semana

Se o foco principal era colocar os criadores na beira da pista o objetivo foi alcançado. No 1º Breeders Cup da Raça Nelore o espaço reservado para o julgamento de pista se misturava ao local pré-destinado ao público presente. O resultado foi uma interação mútua, consagrado pela noite memorável de estreia dos criadores César Garetti e João Leopoldino na realização do primeiro leilão com animais de seu próprio plantel em uma parceria que já perdura décadas na agropecuária. Entre as genealogias expostas no tatersal, filhas, netas e bisnetas de matrizes consagradas, tais como Parla, Essência, Hamina, Big Salsa, entre outras.

Um final de semana que começou na quinta-feira, dia 3 de agosto, com a abertura da Copa dos Criadores chamada de Euromotors Breeders Cup da Raça Nelore. O julgamento de pista seguiu as regras tradicionais, com pequenas adaptações, divididas em cinco categorias: bezerro e bezerra, júnior menor e novilha menor, júnior maior e novilha maior, touro jovem e fêmea jovem, touro sênior e vaca adulta.

Mais de 200 animais, sendo 135 fêmeas e 66 machos, participaram da prova julgada pelo jurado natural de Campo Grande (MS), Gilmar Siqueira de Miranda, com premiação total de R$ 80 mil. “A prova me surpreendeu. Tínhamos uma carência grande que era dos criadores não acompanharem o julgamento. Desta vez foi diferente. Teve integração entre juiz e criador. Acabava o julgamento e íamos conversar”, contou com entusiasmo Gilmar Siqueira.

Momento registrado pelo jurado Gilmar Siqueira da integração entre os participantes

Gilmar é o juiz mais experiente da raça nelore. Só de Expozebu – Exposição e Expoinel, os principais campeonatos de gado zebuíno do ano promovidos pela ABCZ – Associação Brasileira dos Criadores de Zebu, já foram mais de 30 edições. Somados todos de sua carreira ele conta que já julgou 80 mil animais da raça nelore. “Por toda experiência que tenho acredito que o Breeders Cup veio para ficar, o que é ótimo para a raça”, completou.

A previsão era que a Euromotors Breeders Cup da Raça Nelore tivesse a duração de três dias, de 3 a 5 de agosto, mas o evento teve encerramento horas antes do Leilão Excelência Lince & Canaã. O que deu um entusiasmo ainda maior, devido principalmente à qualidade exposta na pista e a decisão final de colocar alguns campeões entre os lotes do leilão.

Conheça quem foram os vencedores da Euromotors Breeders Cup da Raça Nelore:

Leilão Excelência Lince & Canaã

Chegada a grande noite para o Leilão Excelência Lince & Canaã os termômetros marcavam 14 graus, mas bastou a batida do martelo conduzida pelo leiloeiro João Gabriel para elevar a temperatura. Primeiro pela premiação aos vencedores da breeders cup no valor total de R$ 80 mil, seguida pelo primeiro lote apresentado. Momento de total atenção, já que dentro do tatersal entravam doadoras de potencial comprovado pelo mercado nelorista.

O pacote especial abriu o pregão em grande estilo, principalmente pela disputa no remate que parecia não ter fim. O lance final foi da Agro Vila Real, que arrematou o lote por uma parcela de R$ 8 mil, chegando ao total de R$ 192 mil.

Marola III Pau D’Arco, filha de Rambo com Athina

E a Agro Vila Real não parou por aí. Foi dela também um dos lotes esperados da noite, a reservada novilha maior do 1º Euromotors Breeders Cup da Raça Nelore, encerrado na tarde naquele dia, a Marola III Pau D’Arco. Marola é filha de Rambo com Athina, e tem na linha materna o Bitelo SS.

Pandora FIV AL Canaã, filha da Bi Grande Campeã Nacional, Parla FIV AJJ, uma das doadoras mais importantes da raça

E como era esperado a Pandora FIV AL Canaã foi a mais valorizada do remate. Pandora é filha da Bi Grande Campeã Nacional, Parla FIV AJJ, uma das doadoras mais importantes da raça e recordista mundial de preço avaliada em R$ 7,2 milhões, pertencente ao condomínio formado pela Fazenda Guadalupe, Agropecuária Vila dos Pinheiros e HRO Empreendimentos. Neste momento a disputa foi mais acirrada ainda. Os compradores pediam que a cota subisse de 33% para 100%. Mas como dizia o Paulo Horto da Programa Leilões: “Ela é Parla”. Mas com jeitinho, a Nelore HRO conseguiu pelo menos mais 27%, arrematando a cota de 50% da Pandora.

Ao final, a média por animal vendido foi de R$ 105 mil, o que alcançou as expectativas dos promotores. “Ficamos satisfeitos, ainda mais que foi o primeiro leilão. Sabemos da atual situação do País, e estamos felizes com o resultado”, finalizou César Garetti.