7º Leilão Nelore Naturalmente Precoce revela o avanço genético da pecuária tocantinense

A pecuária é um dos pilares da economia do Tocantins. Com um rebanho bovino de quase 9 milhões de animais, o estado situado na Região Norte do país se destaca não apenas pela quantidade, mas também pelo elevado padrão genético e pela qualidade da carne produzida.

Em 2016, mais de 1 milhão de cabeças de gado foram abatidas. A carne bovina é o segundo produto mais exportado, atrás somente da soja. A receita com os embarques totalizou, no último ano, US$162,2 milhões.

Entre os criatórios que contribuem para o progresso da pecuária tocantinense está a Fazenda São Geraldo, localizada no município de Chapada de Areia. Há 18 anos, a propriedade detentora da marca “Naturamente Precoce”, desenvolve um rigoroso trabalho de melhoramento genético da raça Nelore com foco, principalmente, na rusticidade, precocidade, fertilidade e temperamento.

Foto 1

Boi de capim: é assim que o Nelore é criado na Fazenda São Geraldo

Os animais criados, recriados e terminados a pasto são avaliados pelo Programa de Melhoramento Genético Nelore Brasil da ANCP (Associação Nacional de Criadores e Pesquisadores) e a cada nova safra apresentam consistente progresso genético, comprovando a alta herdabilidade de atributos econômicos importantes. Atualmente, a Fazenda São Geraldo possui um dos melhores índices de Mérito Genético Total da ANCP. O MGT, identifica animais geneticamente superiores e harmonicamente balanceados para habilidade maternal, fertilidade, precocidade e crescimento pré e pós-desmame.

As certificações obtidas atestam a eficiência das técnicas de melhoramento genético e o respeito ao meio ambiente. A Fazenda São Geraldo possui os três selos de qualidade fornecidos pela ANCP, o Global G, que confirmam: G1- Qualidade na Informação; G2- Melhoramento Genético do rebanho; G3- Sustentabilidade Genética.

Hoje, o plantel da Fazenda São Geraldo conta com 600 matrizes.

Em média, a taxa de prenhez é de 90%. Aos 14 meses, as novilhas já começam a ser desafiadas.

Por ano, cerca de 600 animais são abatidos aos 24 meses.

À frente desse trabalho, que tem como principal objetivo encurtar o ciclo de produção, está o pecuarista e médico pneumologista João Geraldo Simões Houly. Apaixonado pelo campo e pela medicina, Dr. Geraldo concilia muito bem os negócios rurais no estado do Tocantins e o comando da diretoria técnica do Hospital Santa Paula, na capital paulista.

João Houly

Duas profissões, duas paixões: Dr. João Geraldo Simões Houly é médico na capital paulista e pecuarista no cerrado tocantinense.

Tanto na área da saúde como no setor pecuário, ele trabalha com o que há de mais moderno em prol dos pacientes e dos pecuaristas brasileiros.

Você, criador de Nelore, terá uma grande chance de conferir o trabalho realizado pela Fazenda São Geraldo no próximo domingo, dia 21 de maio. E para facilitar as negociações e disseminar genética melhoradora para todas as regiões do Brasil, o Canal Rural X vai transmitir ao vivo o 7º Leilão Nelore Naturalmente Precoce, a partir das 14h, direto da Estância Dalbem, em Paraíso do Tocantins (TO).

Em oferta, 75 reprodutores melhoradores e 60 matrizes Nelore padrão e mocho, criados exclusivamente a pasto e descendentes de linhagens provadas e comprovadas.

Foto 2

Uma amostra da qualidade do Nelore Naturalmente Precoce, da Fazenda São Geraldo.

Os touros, com média de 27 meses e meio e pesando acima de 600 quilos, foram rigorosamente apartados da cabeceira do rebanho e estão prontos para cobrir a vacada a campo. Todos, seguem com registro definitivo da ABCZ (Associação Brasileira dos Criadores de Zebu) e exame andrológico positivo.

A pressão de seleção das fêmeas também foi forte. São matrizes indicadas para repor plantel e produtoras de tourinhos.

Durante o evento, ainda serão disponibilizadas doses de sêmen de alguns reprodutores da Fazenda São Geraldo, com preço promocional. Entre eles, Masa da SGA e Mark da SGA, ambos integrantes da bateria de touros da Alta Genetics.

O evento que completa 7 anos de sucesso vai apresentar uma novidade. Cerca de 15 animais à venda possuem o “Selo Naturalmente Precoce”. Uma certificação criada recentemente pela própria Fazenda São Geraldo e destinada aos reprodutores e matrizes que se destacam pela precocidade sexual; avaliação morfológica com classificação A ou A+; avaliação genética TOP 10% ou menos.

Ou seja, os compradores terão mais uma ferramenta segura para fazer as melhores escolhas e incorporarem em seus plantéis animais de ponta, que irão acelerar os ganhos genético, produtivo e econômico!!

Não perca! Dia 21 de maio, às 14h, no Canal Rural X. Para sintonizar, o telespectador precisa ter uma parabólica com receptor digital. A busca pode ser automática com o controle da parabólica ou da forma manual, onde a polarização precisa estar no modo vertical, usando a frequência 03652 symbol rate 03000.

Os criadores interessados em fazer bons negócios que não tiverem parabólica terão mais uma oportunidade de acompanhar o leilão. Através do website da Fazenda São Geraldo http://www.naturalmenteprecoce.com.br/index-35.html