Londrina Fest e Super Mocho Fêmea atingem faturamento de R$ 2 milhões

A maioria das viagens da equipe de transmissão começa antes do embarque para qualquer destino no Brasil. Os preparativos são fundamentais para a entrega do produto final.

Análise e estudo do catálogo do leilão

Análise e estudo sobre os animais presentes no catálogo do leilão

Na semana passada, sexta-feira, dia 7 de abril, saímos – eu Bárbara Siviero, o produtor Renan Testa e o técnico em transmissões, Paulo Alarcón que viajaria no voo anterior. O destino? O município de Londrina, no Paraná. Neste dia os desafios começaram aí. O embarque do Paulinho estava marcado para as 7 da manhã, mas, mesmo saindo de casa às 4 horas, não chegou a tempo. No dia anterior São Paulo foi alagada por uma chuva inesperada. Já é outono e a transição de dias mais quentes para dias mais frios deveriam ser mais secos, mas não é o que está acontecendo, e a consequência é caos em todos os sentidos, principalmente no trânsito.

Chegamos a Londrina sem o Paulinho, que viria de ônibus passando de uma hora de viagem de avião para encarar sete horas de estrada. Do aeroporto Governador José Richa, nome dado em homenagem a José Richa, o 47.º Governador do Estado do Paraná (1983 a 1986), decidimos ir ao local do leilão antes mesmo de fazer o checkin no hotel. O destino agora era o Parque Governador Ney Braga onde acontecia desde a segunda-feira do dia 3 de abril a Exposição Agropecuária e Industrial do Paraná, a Expolondrina 2017. Os leilões Londrina Fest e Super Mocho Fêmea foram marcados para os dias 8 e 9 de abril, sediados dentro de um salão do parque.

Vista panorâmica da Expolondrina

Vista panorâmica da Expolondrina

Era véspera dos leilões e ao chegarmos ao local o tamanho da Expolondrina e a organização impressionava. Estandes bem montados e pistas de julgamento com arquibancadas lotadas. A segurança também deve ser destacada. Pegamos nossa credencial e descemos para o salão. A equipe da Programa Leiloes já estava apostos e bem adiantada nos preparativos. No recinto, um tatersal muito bem construído e um amplo espaço no salão para os convidados.

Enquanto aguardávamos a segunda equipe contratada pelo Canal Rural para as transmissões, fomos conhecer as estrelas do primeiro leilão, o Leilão Londrina Fest que ofertaria nelore de elite.

Concentração do gado de leilão

Concentração do gado de leilão

Logo no primeiro barracão montado para acomodar os animais nos deparamos com a Big Fly FIV Jacuricy. Ela estava totalmente relaxada, deitada. Tiramos algumas fotos e logo ela estava de pé. Parecia adivinhar que no dia seguinte a sua prenhez seria uma das mais valorizadas (arrematada por R$ 60 mil).

Big Fly FIV Jacuricy teve prenhez arrematada em R$ 60.000

Big Fly FIV Jacuricy teve prenhez arrematada em R$ 60.000

No sábado, dia 8 de abril, saímos cedo do hotel. Chegar antes garante calma na equipe, dando espaço para a atenção e serviço bem feito. Assim pensa o grupo do Canal Rural, e da Programa Leilões também, já no salão. Entramos ao ar pelo Canal Rural como marcado, ás 13h10, com horário oficial de Brasília.

O entrevistado foi o anfitrião e proprietário da Agro Zoller, Raphael Zoller que ficou à vontade na conversa e puxou o amigo e proprietário da Vila Real, Maurício Ianni para também expressar sua opinião. Ambos elogiaram a Expolondrina, falaram sobre a importância de estarem no evento e ressaltou a qualidade genética dos animais presentes no leilão, abrindo o remate com expectativa mais do que positiva, principalmente para o Zoller que dentre os animais selecionados de sua propriedade colocou prenhez da atual campeã na Expolondrina, Caneta FIV do Mura.

Encerrada entrevista, foi a vez de uma homenagem póstuma ao criador de nelore Sylvio Profeta de Oliveira, fundador da grife HRO, falecido em abril do ano passado.

criador de nelore Sylvio Profeta de Oliveira

Arquivo internet: Criador de nelore Sylvio Profeta de Oliveira, homenageado na Expolondrina

Surpresa e emoção que continuaram no tartesal com a entrada dos animais. A primeira foi Estrela FIV da RS I, tendo 50% vendida por R$ 67.200 para o Nelore Atlas. A campeã matriz modelo 2017 da Expolondrina, Caneta FIV do Mura, de propriedade do Agro Zoller foi a quarta a ser apresentada e o lote mais valorizado da tarde, tendo 50% arrematado por R$ 70.800. Os sócios agora são Agro Zoller e Nelore Arte Real.

big

Caneta FIV do Mura teve 50% arrematada pelo Nelore Arte Real por R$ 70.800

Como era previsto, a entrada da Big Fly FIV Jacuricy foi especial. Sua prenhez ofertada traz na genética o pai Landau da Di Genio. Foram tantos lances que João Gabriel demorou a bater o martelo. O último lance foi dado pela Nelore Valônia, garantindo a prenhez por R$ 60 mil.

O Leilão Londrina Fest também trouxe doadoras com cria ao pé, com destaque para a venda de 50% da Orquestra da Mundial por R$ 40.800.

Orquestra da Mundial e rês

Orquestra da Mundial e rês

Ao todo foram 31 lotes de nelore elite, mas o leilão não terminaria aí. Logo depois o pregão prosseguiu com animais de produção. Somados aos PO passaram de 90 animais, dentre eles touros.

Resultado

O Leilão Londrina Fest 2017 superou as expectativas que era chegar a R$ 1 milhão, de acordo com informações passadas pelo anfitrião e proprietário da Agro Zoller, Raphael Zoller. Ao todo o faturamento chegou a R$ 2. 015.400 milhões, com média de R$ 52 mil para os animais de elite, média de R$ 9 mil de genética (produção), e média de R$ 9.300 na venda dos reprodutores.

Leilão Super Mocho Fêmeas supera nas ofertas e passa de R$ 1 milhão

Fêmeas Nelore Mocho durante na Expolondrina

A preparação para o 2º Leilão Super Mocho Fêmeas continuou a todo vapor assim que terminou o leilão do sábado. A Programa Leilões já começou a preparar o salão e a equipe de transmissão do Canal Rural estruturou como seria a gravação do domingo. Para este leilão a expectativa também era grande, já que não existem leilões da raça nelore mocho com tanta frequência, e principalmente qualidade.

O pregão foi organizado pela Acrimocho – Associação dos Criadores de Nelore Mocho, e trouxe animais de 11 criatórios. No total, 10 fêmeas de elite e 200 fêmeas prenhes e/ou paridas.

O domingo era de sol, e ao contrário da temperatura baixa em boa parte do País, Londrina registrava 29ºC graus com sensação térmica de 32º C graus. Raphael Zoller foi novamente o nosso entrevistado na abertura da transmissão, mas desta vez como presidente da Acrimocho. Além de falar novamente sobre a importância da Expolondrina, valarizou o crescimento da raça nelore mocho, aproveitando ainda para fazer um balanço geral sobre os dois leilões dentro da exposição.

“Quero agradecer a todos que contribuíram para este resultado. Foi mais do que esperado. Pista limpa. Crescimento de 100% e mercado com liquidez total, e um faturamento geral de mais de R$ 2 milhões. E que venha a terceira edição”, concluiu Zoller.