Com mais de R$ 3 milhões em vendas, Cabanha São Rafael promove leilão histórico

Remate foi comemorativo aos 30 anos do criatório paranaense

Com grande público, animais de excepcional qualidade e organização impecável aconteceu no último sábado (11), a 22ª edição do leilão anual da Cabanha São Rafael. O evento promovido no criatório localizado em São Luiz do Purunã, distrito de Balsa Nova (PR), atingiu o faturamento de R$ 3,27 milhões e preço médio de R$ 45,4 mil, com a comercialização de 72 lotes de exemplares da raça Crioula. Foram vendidas 54 fêmeas, 8 potrancos e o garanhão Vingador do Purunã.

São Rafael ofertou todo o plantel de éguas em vendas verticais

São Rafael ofertou todo o plantel de éguas em vendas verticais

O proprietário da São Rafael, Mariano Lemanski comemorou o resultado do pregão, que marcou o aniversário de 30 anos da cabanha : “Colocamos toda a nossa manada à disposição do mercado, que pode escolher os animais nas vendas verticais. Foi uma proposta ousada e os investidores deram o retorno. Alcançamos o objetivo que é o de cultuar o cavalo Crioulo, expandindo a raça para além dos limites do Rio Grande do Sul”.

Crioulistas de todo o Brasil e de países vizinhos prestigiaram o leilão

Crioulistas de todo o Brasil e de países vizinhos prestigiaram o leilão

Para Marcelo Silva, leiloeiro e diretor da Trajano Silva Remates, o leilão serve de balizador para as vendas da raça Crioula durante o ano: “Quando tivermos qualidade de oferta em pista como a que tínhamos neste remate da São Rafael, acreditamos que teremos resultados positivos”.
A Grande Campeã da Expointer em 2004, Naia do Purunã foi o destaque da noite. A Estância da Liberdade arrematou a égua zaina por R$ 335 mil. “Muito nos honra dar continuidade a essa belíssima história. Parabéns a São Rafael pela celebração desta data”, destacou Evaldo Rosa, titular da cabanha de Rolante (RS).

A Grande Campeã da Expointer, Naia do Purunã foi a principal venda do remate

A Grande Campeã da Expointer, Naia do Purunã foi a principal venda do remate

Entre os machos, a principal negociação se deu com Vingador do Purunã. O pai de cabanha teve as 10 cotas de 10% comercializadas, totalizando R$ 200 mil. Seis cotas foram adquiridas pela Agropecuária Burtet de Cachoeira do Sul (RS).

O pai de cabanha da São Rafael, Vingador do Purunã, foi o destaque entre os machos

O pai de cabanha da São Rafael, Vingador do Purunã, foi o destaque entre os machos

Leilão marca o lançamento do Instituto Purunã

Toda a renda do remate foi revertida para o Instituto Purunã, lançado durante o evento. A instituição foi idealizada para desenvolver o fomento, no âmbito turístico, de novos empreendedores e capacitar pessoas através da educação com vocação plena à sustentabilidade e ao ecoturismo.

O anfitrião Mariano Lemanski lançou o Instituto Purunã durante o evento

O anfitrião Mariano Lemanski lançou o Instituto Purunã durante o evento

“Queremos preservar o meio ambiente da região dos Campos Gerais e resgatar a cultura dos tropeiros, que usando o cavalo, transportavam mercadorias por essa rota, vindo ou indo de Sorocaba”, informou Lemanski.

Presidente Dado Suñe e diretores da ABCCC estiveram presentes no evento

Presidente Dado Suñe e diretores da ABCCC estiveram presentes no evento

Prova credenciou novos inéditos para o Bocal

O leilão integrou a programação da Credenciadora de Inéditos da Cabanha São Rafael, habilitando animais para a disputa do Bocal de Ouro no próximo mês de abril.

São Rafael credenciou inéditos para o Bocal de Ouro 2017

São Rafael credenciou inéditos para o Bocal de Ouro 2017

“Estamos aqui aprendendo. É uma credenciadora particular, muito bem planejada e organizada. A São Rafael é uma referência para todos nós crioulistas e a família Lemanski está de parabéns”, salientou Dado Suñe, presidente da ABCCC – Associação Brasileira dos Criadores de Cavalos Crioulos.

Resultado


FÊMEAS

1º lugar
Jotace Tenteadora, filha de Mackenna Guindo e Jotace Hortência; criador João Cantarelli e expositora Samantha Stolte, Agropecuária Alpha – Viamão/RS
Ginete: Volmir Santos de Guimarães
Nota:18,467

2º lugar
Herança 303 da Vendramin-TE, filha de São João do Juncal Pandemônio e Herança do Carrachi; criador e expositor Aldo Vendramin, Estância Vendramin – Palmeira/PR
Ginete: Nei Eduardo Lima
Nota:18,052

3º lugar
La Pátria da Bela Aliança, filha de Itaqui do Salero Velho e Los Intierros Escarcha; criador e expositor Francisco Carlos Habowsky, Cabanha Bela Aliança – São Bento do Sul/SC
Ginete: Thiago Habowski
Nota:17,769

4º lugar
Macarena do Carrachi, filha de La Invernada Pascuero e Fagulha do Carrachi; criador Altemo Oliveira e expositor Ronaldo de Wallau
Ginete: Fábio Teixeira da Silveira
Nota: 16,771

Público vibrou com o desempenho dos conjuntos em pista

Público vibrou com o desempenho dos conjuntos em pista

MACHOS

1º lugar
Infinito da Camila, filho de As Malke Sedutor-TE e Simpática da Camila; criador Manoel Zirbes Rodrigues e expositores Juliana e Manoel Zirbes Rodrigues, Cabanha Santa Camila – Alegrete/RS
Ginete: Fábio Teixeira da Silveira
Nota: 19,853

2º lugar
Belle Hermano, filho de Dom Carrasco do Purunã e Belle Avelã; criadora e expositora Elizabeth Lemanski, Fazenda Paraíso – Balsa Nova/PR
Ginete: Luiz Fernando Rodrigues
Nota: 18,696

3º lugar
Campero da Pena Branca, filho de JLS Hermoso e Invernada da Camila; criador Euro Ribas e expositor Cesar Kamaroski, Cabanha Marca Prado – Colombo/PR
Ginete: Diogo Fontoura
Nota: 18,652

4º lugar
Galileu da Saff, filho de Guasqueiro do Recanto Crioulo e Três F Raça; criadores e expositores Ademir e Fábio da Silva, Cabanha Saff – Joinville/SC
Ginete: Anderson Nunes
Nota: 17,528