SAMPA faz a melhor média baby do ano e atrai novos criadores

Se a primeira impressão é a que fica, o Leilão SAMPA já está incorporado no calendário anual da raça Nelore. A estréia desse aguardado evento foi vista pelo mercado de forma positiva e os julgamentos emitidos por quem acompanhou o remate foram os melhores possíveis. Dos pequenos detalhes às grandes demonstrações de comprometimento com a excelência genética bovina, o SAMPA só deixou boas recordações!

Um leilão que contou com muitas surpresas. A começar pelo público presente na última quinta-feira, dia 14, na Sociedade Hípica Paulista, em São Paulo (SP). Cerca de 400 convidados de vários estados brasileiros prestigiaram o leilão comandado por um quarteto fantástico: Alceu Vasone e Frank Vieira (AF Agropecuária), João Aguiar Alvarez (Fazenda Valônia) e Hélio Robles de Oliveira (HRO Empreendimentos).

Juntos, esses criadores, parceiros e amigos, deram um show de competência e não economizaram esforços para fazer com que o SAMPA fosse evento memorável para a raça Nelore.

Antes da batida do martelo, tive a oportunidade de conversar com cada um dos anfitriões e também com o assessor pecuário Fernando Barros, da SAP.

Frank Vieira, Paula Sant’Ana e Alceu Vasone

Hélio Robles de Oliveira e Paula Sant’Ana

João Aguiar Filho e Paula Sant’Ana

Fernando Barros e Paula Sant’Ana

Além de reunir na Megalópole brasileira nomes de peso do agronegócio nacional, o Leilão SAMPA trouxe para capital paulista promissoras bezerras e doadoras consagradas como Itália IV TN1, Izabella FIV Fort VR, Raridade FIV da RFA, Habona V FIV Apan, Jany TE Bar, Elegance XII FIV da Unimar e Almadina TE J.Galera.

A Hípica Paulista, que já é um lugar encantador, ficou ainda mais bela!

TOP: time de doadoras presente na Sociedade Hípica Paulista.

Princesa FIV da HRO

Entre tantas bezerras, descendentes das mais nobres famílias da raça Nelore, foi uma estrela que abriu as vendas: Estrela 2 FIV da HRO. A bezerra que nasceu para brilhar nas principais pistas do País foi recebida ao som do Samba Enredo “Sonhar não custa nada”. O refrão da música casou perfeitamente com o lote em pista: “Estrela de luz. Que me conduz. Estrela que me faz sonhar…”

Em ritmo de samba foi dada a largada para o Leilão SAMPA

Estrela 2 FIV da HRO é filha da Raridade FIV da RFA (Reservada Grande Campeã da ExpoZebu 2017) e do Kayak TE Mafra (Bi Grande Campeão Nacional). Com impressionante beleza racial, a bezerra disponibilizada pela AF Agropecuária e pelo Nelore RFA foi arrematada pela HRO Empreendimentos. E quem deu o lance final no valor de R$144 mil para ficar com 50% da Estrela foi a Dona Izabel, a querida matriarca da família HRO.

Estrela 2 FIV da HRO: uma linda estrela que abrilhantou Leilão SAMPA

Anastacia 2 FIV da HRO foi outra baby que fez sucesso em pista. Descendente da principal matriz produzida pela HRO ao longo de 28 anos de seleção, Hematita III FIV HRO, ela foi considerada uma das melhores bezerras de sua geração. Com excelente estrutura de carcaça, ótimos aprumos e expressão racial, Anastacia está sendo preparada para estrear em pista. 66% da bezerra de 7 meses foram adquiridos pela própria HRO, AF Agropecuária e Nelore Imperador (novo criatório da raça, comandado pelo empresário Jair de Paula).

Anastacia 2 FIV da HRO: bezerra de 7 meses, com ponderal de 1.473 gramas/dia.

Princesa FIV DA HRO também brilhou no SAMPA. Filha da rainha Parla FIV AJJ x Big Ben da SN, ela foi o lote mais valorizado. A Rima Agropecuária investiu R$242,4mil em 50% da Princesa.

Princesa FIV da HRO: linda racialmente e muito harmoniosa

Mais do que resgatar a venda de babies, bezerras com no máximo 1 ano de vida, o Leilão SAMPA fez uma das melhores médias dos últimos tempos para essa categoria: R$127 mil.

Futuras revelações do Nelore brasileiro dividiram a pista com doadoras provadas, comprovadas e valorizadas pelo mercado, como Raridade FIV da RFA, Itália IV TN1 e Izabella FIV Fort VR.

Izabella FIV Fort VR foi acasalada com o Landau da Di Genio

Itália IV TN1: clone da matriarca Itália IV

Raridade FIV da RFA x Kayak TE Mafra: acasalamento de sucesso

A média geral das prenhezes beirou a casa dos R$68mil.

Criadores tradicionais e novos investidores da raça Nelore fizeram aquisições importantes e contribuiram para o faturamento total do Leilão SAMPA, que movimentou R$1.896.800,00. 

Números que comprovam que o agronegócio também é o negócio de São Paulo. Umas das maiores e mais populosas metrópoles do mundo recebeu a família nelorista de braços abertos, que por sua vez, retribui com uma incontestável demonstração do vigor da pecuária nacional. Parabéns, família SAMPA! Iremos guardar na memória todos os momentos desse evento e esperar pelas próximas edições.

A união faz a força: Aplaude Nelore!! Aplaude SAMPA!!


Faturamento do Leilão Mega Carpa registra novo aumento

Com um crescimento total de 21,61% nas vendas em relação à edição passada, o Leilão Mega Carpa repetiu o sucesso dos anos anteriores. O remate foi realizado na manhã e na tarde do domingo 3 de setembro, em Barra do Garças (MT) e alcançou o faturamento de R$ 6,82 milhões. O criatório comercializou 2915 bezerros, 140 touros melhoradores e 48 novilhas da raça Nelore. O pregão também contou com a oferta de 8 touros da raça Sindi.

Mega Carpa é um dos remates mais aguardados da temporada que antecede o período de monta na raça Nelore

A credibilidade da Carpa foi o alicerce para mais um grande evento. “Mais uma vez os criadores voltaram às compras em nosso leilão. O índice de recompra prova que nosso trabalho segue sendo muito respeitado”, afirmou o gerente de pecuária da Carpa Serrana, Luís Otávio Pereira Lima.

Venda dos bezerros abriu o leilão

O recinto de leilões da Fazenda Cibrapa recebeu a presença de neloristas de todo o Brasil.

Recinto da Cibrapa recebeu grande público durante todo o dia

“A Carpa é referência para a raça há décadas. Tudo o que se produz aqui ou em Serrana (SP), é a síntese da evolução do Nelore brasileiro. O Duda Biaggi e a sua equipe são os responsáveis pelo pioneirismo em programas de avaliação genética e mantêm o mesmo padrão de criação que tanto os pecuaristas buscam”, ressaltou o diretor-presidente da Programa Leilões, Paulo Horto, que comemorou seu aniversário durante o evento.

Raçadores tiveram a maior média em vendas

O maior preço médio ficou entre os touros:  R$ 10,3 mil. As fêmeas chegaram a R$ 5,89 mil e os bezerros, R$ 1,74 mil. Os reprodutores Sindi tiveram média de R$ 7,24 mil.

Duda Biaggi parabeniza o aniversariante Paulo Horto

O Mega Carpa 2017 fez parte do calendário oficial da ACNB (Associação dos Criadores de Nelore do Brasil) e teve a chancela do Pró-Genética da ABCZ, programa que disponibiliza linhas de crédito rural com objetivo de estimular e facilitar o acesso de produtores à genética melhoradora.

Fêmeas foram ofertadas depois dos touros e bezerros

No fim do leilão, o titular da Carpa, Duda Biaggi, agradeceu aos investidores. “Essa confiança em nossa genética é a que nos move. São 46 anos mantendo a mesma filosofia de trabalho, que é “um olho na balança e outro na pista”. A todos os pecuaristas, nosso muito obrigado. A partir de agora já estamos trabalhando no novo ciclo de monta, projetando as próximas edições do leilão”, concluiu.

Oferta de touros Sindi foi a novidade do leilão

A responsabilidade do remate foi da Programa Leilões e Central Leilões. A condução do martelo esteve a cargo de Paulo Brasil e Lourenço Campo.


Liquidação da Cabanha Errevê teve sucesso de vendas

A programação de leilões da raça Crioula na Expointer 2017 teve mais um grande destaque na terça-feira, 29 de agosto, com o remate de liquidação da Cabanha Errevê, de Santo Antônio da Patrulha (RS).
O pregão realizado no Tattersall do Cavalo Crioulo do Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS), alcançou um faturamento de R$ 857,5 mil com a comercialização de 42 lotes.
O evento teve média de R$ 20,41 mil por lote.

Jogo Duro do Portal Gaúcho, destaque do leilão

A principal atração do leilão foi a venda de nove cotas de 10% cada do garanhão JA Medalhão, que no total somou R$ 157,5 mil. Outro destaque foi o cavalo Jogo Duro do Portal Gaúcho, que teve três cotas de 11,1% cada que, no somatório de vendas valeram R$ 125 mil.

Errevê se despediu da criação em grande estilo

Para o leiloeiro e diretor da Trajano Silva Remates, Marcelo Silva, por se tratar de um leilão de liquidação de plantel conhecido pela genética destacada, o resultado foi muito positivo. “Ficamos muito satisfeitos com a liquidez e surpresos com os resultados para uma liquidação organizada de última hora, com animais à campo. Além disso, tivemos vendas para outros países”, informou.