Genética centenária em oferta no 22º Leilão VR Tocantins

103 anos de seleção. A marca VR, fundada por Vicente Rodrigues da Cunha, é um dos nomes mais conhecidos e consagrados da pecuária nacional. Na década de 60, sob o comando de Torres Homem Rodrigues da Cunha, o criatório que nasceu no Triângulo Mineiro, foi um dos responsáveis pela importação histórica de Nelore da Índia.
Ao longo dos anos, vieram muitas outras conquistas como o Hexa Campeonato do Ranking Nacional da ACNB como melhor expositor da raça Nelore.
Disseminada por todo o país, hoje, a genética VR continua sendo preservada e multiplicada. O criador José Carlos Prata Cunha é o titular da grife VRJC. Com propriedades em Valparaíso (SP), Tangará da Serra (MT) e Muricilândia (TO), ele leva adiante o trabalho iniciado pelo avô e investe no constante melhoramento genético do rebanho.  Há 13 anos, José Carlos Prata Cunha também é um dos integrantes do Nelore JOP, que liderou um novo ciclo de importações da Índia, em prol do refrescamento de sangue do rebanho brasileiro.
No próximo dia 25 de março, a partir das 13h30, o 22º Leilão VR Tocantins, no Parque de Exposições de Araguaína, será uma mostra do padrão de qualidade dos reprodutores e matrizes VRJC. Somente animais geneticamente superiores para melhorar a eficiência produtiva dos plantéis serão disponibilizados. No total, 120 reprodutores Nelore PO adaptados a pasto, com altas DEP’s e 4 fêmeas foram apartados. A bateria de machos inclui destaques como Racista FIV Araputanga VR, garrote que tem a melhor avaliação genética do leilão no PMGZ. É TOP 0,1% para peso a desmama e trás a combinação genética do REM USP em vaca Jarina da Zebulândia VR. Outro touro que promete ser muito disputado é Rotã FIV Araputanga VR, macho de 19 meses e 600 quilos de peso com criação a pasto. Rotã impressiona pela qualidade da carcaça e é TOP 1% no iABCZ. O lote 3 é mais uma atração: Punho FIV Araputanga VR, filho do Jhelun da Colonial com Arieta FIV Araputanga.

*PUNHO - 02

Punho FIV Araputanga VR: garrote de 27 meses, com quase 900 quilos e 39 cm de CE (circunferência escrotal)

Dos 120 touros à venda, 11 pertencem a VRLU (Fazenda Araçatuba) e 12 são de propriedade do Nelore Machadinho.
Desde 1995 o Leilão VR Tocantins é realizado em Araguaína e a clientela fidelizada é o principal termômetro da excelência dos animais. “ Nós temos uma clientela que já conhece o padrão de qualidade dos reprodutores VR e, anualmente, prestigia o leilão. Criadores do Tocantins, Pará e Maranhão são os principais compradores. A nossa maior satisfação é acompanhar o resultado desses animais em outros criatórios e ver que estão contribuindo para encurtar o ciclo de produção e melhorar a rentabilidade dos pecuaristas”, afirma Fernanda Prata Cunha, da marca VRJC.
Entre as fêmeas do 22º Leilão VR Tocantins, uma das estrelas é Rhianna FIV Araputanga VR. Novilha de 15 meses, filha do Basco SM com uma irmã-própria da recordista de preço Izabella FIV Fort VR, Reservada Grande Campeã da Expozebu 2011.

O 22º Leilão VR Tocantins é chancelado pela ACNB (Associação dos Criadores de Nelore do Brasil) e, pela primeira vez, será transmitido ao vivo pelo Canal Rural. Contamos com a sua audiência!

Conheça um pouco mais sobre o perfil de cada propriedade da marca VRJC:

*Fazenda Fortaleza está localizada em Valparaíso (SP) e é berço de consagradas doadoras e reprodutores, como Pinah Fort VR, Izabella FIV Fort VR, Asteca Fort VR, Vermut Fort VR, Delen Fort VR e Garoto Fort VR.

*Fazenda Araputanga, em Tangará da Serra (MT), é o polo de reprodução de gado de corte, com animais 100% adaptados a pastagem, pesados, bem conformados e com beleza racial. A seleção de Nelore PO dessa propriedade começou a se intensificar em 2011, com a criação do Programa VR Provado. O programa utiliza a base genética da Fazenda Fortaleza, onde as matrizes de maior produtividade do rebanho são acasaladas com reprodutores líderes de Sumários. As aspirações são realizadas na Fazenda Fortaleza (SP) e os embriões são transferidos na Fazenda Araputanga (MT).
A genética da nova importação da Índia, oriunda do Nelore JOP, também vem sendo incorporada no rebanho.

*Fazenda Triângulo, em Muricilândia (TO), é a propriedade onde são realizadas as fases de recria e engorda. A localização estratégica favorece a venda dos touros produzidos pelas Fazendas Fortaleza e Araputanga nesta região.


“A pecuária brasileira é e ainda será a melhor do mundo, e nós temos a melhor carne do mundo”

Guilhermo Sanchez, João Gabriel, Fernando Barros, Marcelo Moura e Paulo Horto durante a transmissão

Guilhermo Sanchez, João Gabriel, Fernando Barros, Marcelo Moura e Paulo Horto durante a transmissão

Durante esta semana a Polícia Federal cumpriu mandados e apreendeu carnes adulteradas no Brasil, que estariam sendo manipuladas com produtos maléficos à população. O assunto ganhou repercussão mundial e preocupa os produtores de carne do País que cumprem suas normas e deveres. A Programa Leilões, pelas palavras do idealizador Paulo Horto, aproveitou a transmissão ao vivo do Leilão Liquidação de Plantel Nelore AUD deste final de semana, nos estúdios do Canal Rural, na capital paulista, para pedir cautela e cuidado com a divulgação equivocada das informações.

“Eu nasci neste meio, e nos meus mais de 45 anos, eu vi a pecuária sair de uma pecuária arcaica para uma pecuária de liderança mundial. Isso é fruto de um trabalho duro de todo mundo que é envolvido no agronegócio. Todo mundo que é envolvido na pecuária, principalmente dos produtores, das indústrias que obviamente tem o seu mérito, e hoje nós temos orgulho de ter as maiores indústrias de proteína animal do mundo aqui no Brasil”, disse Paulo.

Encerrou dizendo que temos que ter mais respeito com a pecuária brasileira. “É óbvio que os fatos ocorridos devem ser apurados e as pessoas envolvidas em qualquer ato ilícito tem que pagar pelo que fez. Mas, agora, daí generalizar e dizer que a carne brasileira é isso e aquilo. Gente, vamos ter mais responsabilidade de como dar esta notícia, porque hoje, analisando com calma, e ouvindo pessoas, porque não é o Paulo Horto que está falando, e sim ouvindo pessoas que realmente entendem sobre o assunto. Uma coisa é muito certa: A pecuária brasileira é e ainda será a melhor do mundo, e nós temos a melhor carne do mundo”, concluiu.

As palavras proferidas pelo Paulo Horto, durante a transmissão, trazem a essência de toda busca da categoria pelo melhoramento genético, cuja intenção é justamente a qualidade da carne. Se por um lado ainda admite-se que possam existir excessos por alguns atores envolvidos, não se podem desconsiderar todas as iniciativas científicas, tecnológicas e produtivas que caminham no sentido de garantir o contínuo aprimoramento e desenvolvimento responsável do agronegócio nacional.

Atualmente no Brasil já são inúmeros os Programas de Melhoramento Genético feitos por entidades respeitadas, tais como associações de raças, empresas públicas e privadas, e universidades, com trabalhos que realizam avaliações fenotípicas e genéticas que permitem identificar animais melhoradores, aumentando a probabilidade de acerto quando comparado a uma seleção sem fundamentação, ou seja, para entregar um produto cada vez melhor para a mesa dos brasileiros e em outros países.

Leiloeiros e assessores  reforçam opinião sobre a carne brasileira

João Gabriel, Guilhermo Sanchez, Fernando Barros, Marcelo Moura e Paulo Henrique durante transmissão do Canal Rural

João Gabriel, Guilhermo Sanchez, Fernando Barros, Marcelo Moura e Paulo Henrique durante transmissão do Canal Rural

A segunda etapa do Leilão Liquidação de Plantel Nelore AUD, transmitido ao vivo diretamente dos estúdios do Canal Rural, em São Paulo, trouxe novamente a temática que envolve a acusação de fraudes na carne brasileira. Desta vez pelas vozes dos leiloeiros João Gabriel, Guilhermo Sanchez e os assessores pecuários Fernando Barros e Marcelo Moura.

Ambos reforçaram as palavras ditas por Paulo Horto, proprietário da Programa Leilões, que a população não estenda o problema a todas as empresas brasileiras.

“É importante frisar que foram pontos isolados e foram cometidos por uma minoria insignificante de maus profissionais. E a gente sabe que neste Brasil e em outros países também, sempre existem pessoas mal intencionadas. Os responsáveis já estão sendo responsabilizados, alguns já foram presos. E não é toda a cadeia de carne do Brasil conforme se imagina ou deu essa impressão que fosse. Você tenha a tranquilidade de comprar carne de qualidade”, completou o leiloeiro João Gabriel.

Guilhermo Sanchez lembrou ainda sobre a exportação de carne no Brasil que atende mais de 150 países e reforçou a exigência das empresas internacionais na hora de autorizar a exportação.

“Para uma exportação o crivo é muito grande. Não é somente o Ministério da Agricultura que verifica o produto. Eles mandam inspetores internacionais para fazer toda a inspeção para depois colocar a nossa carne lá fora. Então não é por causa de um problema pontual que você possa a vir a ter, que a gente tem que deturpar todo nosso mercado produtivo”, disse Guilhermo.

O Brasil possui mais de cinco mil frigoríficos, e segundo as informações divulgadas por toda imprensa, três diagnosticaram um tipo de fraude.

“Então a gente exige e é solidário a todo mundo que está pedindo um melhor esclarecimento e uma maior transparência nessa divulgação desta operação da Polícia Federal. Uma minoria tão grande não pode afetar a carne vermelha. A mercadoria que nós trabalhamos com muito orgulho, com muito carinho e com muito prazer e com muito amor”, exclamou o assessor pecuário Fernando Barros.

O assessor pecuário Marcelo Moura deixou ainda uma mensagem de otimismo aos produtores rurais.“Isso vai passar, e se Deus quiser provaremos que a carne brasileira é realmente a melhor do mundo”.

Leia mais: Polícia Federal divulga lista com mais de 30 empresas envolvidas na Operação ‘Carne Fraca’

 

 


Nelore Carthago 2017 movimenta mais de R$ 4 milhões e registra alta de 75% no faturamento

Os números comprovam o que todos previam. O Leilão Carthago 2017 foi um sucesso! Pecuaristas de vários estados passaram o fim de semana no Hotel Transamérica (SP), acompanhando a rodada dupla de negócios comandada pelo criador Gabriel Belli e família.

gadoCarthago

Duas estrelas do plantel Carthago posando para foto antes de começar o leilão

Na sexta-feira, dia 10 de março, a média das 20 prenhezes ofertadas foi de R$ 78,7 mil. Doadoras consagradas como Taiga FIV M. Verde, Samma FIV Comapi, Fathina TE Port, Melopéia FIV Guadalupe, Debora FIV St Cruz, Lechia da Cristal, Alucinação El Far, Genova FIV Giber e Viatna TE J.Galera foram acasaladas com os principais reprodutores da raça, entre eles: Big Ben da SN, Landau da Di Genio, Kayak TE Mafra, Basco da SM e Rambo da MN.
O primeiro lote do leilão, uma prenhez da Taiga FIV M. Verde, Grande Campeã da Expoinel 2016, com duas opções de acasalamentos (Big Ben da SN ou Landau da Di Genio), foi arrematada por um criatório boliviano. A Cabanha El Retiro, do nelorista José Maria Chaves.

* taiga fiv monte verde

A Cabanha El Retiro, da Bolívia, arrematou a prenhez da Taiga por R$ 120 mil.

Cinco bezerras escolhidas a dedo também foram comercializadas na primeira etapa do Leilão Carthago 2017. Mathilda FIV Carthago, irmã da Reservada Campeã Bezerra da Expoinel Minas 2017 – Alucinação 1 da HRO – foi uma delas. A bezerra maravilhosa chamou a atenção pela estrutura, comprimento e musculatura. Quem aproveitou a oportunidade de se tornar sócio do Gabriel Belli foi a CRL Agropecuária, do criador Thiago Rocha Lopes, que desembolsou R$ 108 mil por 50% da Mathilda.

Mathilda

Mathilda FIV Carthago, bezerrinha recordista de preço da 1ª etapa do Leilão Carthago, é filha da Alucinação El Far e do Kayak TE da Mafra

A receita final das prenhezes e das bezerras negociadas na noite de sexta-feira rendeu mais de R$2 milhões.

No sábado a tarde, dia 11 de março, 25 lotes de bezerras, novilhas e doadoras foram negociados. Mais uma vez, o leilão começou com qualidade máxima. Foram disponibilizados 50% da Celina Carthago, bezerra escolhida pelas assessorias do evento como uma das grandes promessas do time de pista do Nelore Carthago. Filha do Donato de Naviraí e da Fairani 2 FIV Colorado, a linda bezerra que irá estrear na Expozebu 2017 agora também pertence ao criador boliviano Osvaldo Monastério, da Cabanha Sausalito.

Celina

50% da bezerra Celina Carthago foram adquiridos pelo principal criador de Nelore da Bolívia. Osvaldo Monastério desembolsou R$ 127,2 mil no lote que abriu o segundo dia de negócios

Entre as doadoras, Debora FIV St. Cruz foi uma das mais cobiçadas. A matriz que já recebeu convite para vender prenhezes em cinco importantes remates que irão acontecer no decorrer do ano é uma grande produtora de campeões. É mãe da Bi Campeã Nacional Joyce FIV EAO. Pesando 1.150 kg ela possui muito equilíbrio, habilidade materna, estrutura, funcionalidade e beleza racial. 50% da exuberante doadora foram leiloados para o criador João Carlos Perciani pelo valor de R$ 172,8 mil.

Debora

Parceria de sucesso: Nelore Carthago e João Carlos Perciani são os atuais proprietários da Debora FIV St. Cruz

Do início ao fim, os criadores presentes no Hotel Transamérica e os telespectadores do Canal Rural lançaram e disputaram cada um dos lotes. Outros dois momentos marcantes foram as vendas de 50% da Madona Ageo e de 50% da Servia FIV MRA.
Madona Ageo, uma das principais matrizes do cenário nacional, vem fazendo uma brilhante carreira de pista. Seu mais novo campeonato foi como Campeã Fêmea Jovem da Expoinel Minas 2017. A Agropecuária Vila dos Pinheiros, melhor expositor do Ranking Nacional 2015/2016 da ACNB, agregou ainda mais qualidade ao seu plantel. O lance final de R$ 194,4 mil garantiu ao criador Jaime Pinheiro uma sociedade com a Ageo Agropecuária e a Fazenda Araras.

Madona Ageo

Destaque absoluto: Madona Ageo brilhou em todas as pistas que participou e  também reinou no Leilão Carthago 2017.

Servia FIV MRA foi a fêmea mais valorizada do Leilão Carthago 2017. 50% da jovem doadora Campeã Progênie da Mãe da Expoinel 2016 foram arrematados pela RS Agropecuária por R$ 240 mil. Roberto e Simone Bavaresco são os novos sócios da Agropecuária Vila dos Pinheiros.

Servia FIV MRA

Servia FIV MRA foi o lote recordista de preço do Leilão Carthago 2017

A média das fêmeas ofertadas no Leilão Carthago 2017 foi de R$150 mil. No total, a rodada dupla de negócios superou a casa dos R$ 4 milhões. Um crescimento de 75% em relação ao ano passado. “ Esse aumento é consequência do alto nível genético e também da ampliação do leilão. Ano passado tivemos apenas um dia de remate com a oferta exclusiva de prenhezes. Desta vez, foram dois dias de negócios com prenhezes e animais à venda. Estamos muito satisfeitos com o resultado final. O sucesso desse leilão faço questão de compartilhar com toda a família nelorista, inclusive com os novos criadores e com os pecuaristas  bolivianos que adquiriram genética Carthago. Foi um remate que evidencia que o DNA do nosso país é rural. E o Nelore mostrou toda a sua força e poder de superação” , comemora Gabriel Belli.

Paula e Gabriel

Bastidores: a repórter Paula Sant’ Ana e o criador Gabriel Belli nos preparativos para a transmissão ao vivo do Canal Rural

Gabriel e equipe Carthago, parabéns!! O sucesso é consequência do trabalho que vocês realizam. O Leilão Carthago 2018 já começou a ser planejado e nós ficamos na torcida para que venham novas metas e conquistas!


Grandes Criadores promove retorno do Nelore PO elite à Expoparanavaí

A primeira edição do Leilão Grandes Criadores realizada na última quinta-feira (9) marcou, depois de 12 anos, a volta dos remates de Nelore de elite e genética PO à programação da Expoparanavaí, feira agropecuária promovida na cidade de Paranavaí (PR).

Paranavaí, com o Grandes Criadores, retorna ao mapa dos leilões de Nelore de elite

Paranavaí, com o Grandes Criadores, retorna ao mapa dos leilões de Nelore de elite

O pregão, transmitido pelo Canal Rural, fechou com faturamento de R$ 586 mil, na oferta de vacas de genética da Fazenda Santa Nice e fêmeas de elite da AgroZoller (Raphael Zoller), Agro JPN (Arte Real – José Pellegrino Neto), Fazendo Eldorado (Ronaldo Alves), Nelore Cangussu (Milton Vieira Santos Junior), Nelore Kalunga, Nelore São Pedro e Nelore Zenã (Hamilton e Henrique Zamai).
O preço médio entre as matrizes da Santa Nice ficou em R$ 5,6 mil e as de elite em R$ 10,4 mil.
O lote de maior cotação, formado pelas vacas Kallita da Santa Nice, Passada da Santa Nice, Bolina da Santa Nice e Formiga da Santa Nice foi comercializado por R$ 38,4 mil.

Leilão impressionou pela qualidade dos animais em pista

Leilão impressionou pela qualidade dos animais em pista

“O evento foi um marco para a pecuária regional e do Paraná. Fazia muito tempo que este tipo de leilão, com tamanha qualidade não era realizado aqui. A mobilização foi tamanha, que até o recinto de leilões foi remodelado para receber com conforto os criadores”, destacou o titular da AgroZoller e Presidente da Associação dos Neloristas do Paraná, Raphael Zoller.

Recinto Felício Jorge foi remodelado para o leilão

Recinto Felício Jorge foi remodelado para o leilão

O leilão foi transmitido pelo Canal Rural, teve organização da Programa Leilões e foi conduzido pelo leiloeiro Paulo Brasil.

Neloristas de todo o país investiram no pregão

Neloristas de todo o país investiram no pregão

Leilão integrou Copa Grandes Criadores

260 animais participaram da primeira etapa da Copa Grandes Criadores, que reúne animais de neloristas de São Paulo e Paraná. Além de Paranavaí, a competição será realizada em feiras agropecuárias de Londrina e Maringá (PR), além das paulistas Itapetininga, Araçatuba e Bauru.

Mais de 260 animais foram julgados na primeira etapa da Copa Grandes Criadores

Mais de 260 animais foram julgados na primeira etapa da Copa Grandes Criadores

Esta primeira etapa levou o nome de Antônio Grisi Filho, em homenagem ao saudoso titular da Fazenda Santa Nice. O criatório de Amaporã (PR) durante muito tempo foi referência no Nelore de elite, conquistando inúmeros prêmios e disseminando a genética pelo país inteiro.

Raphael Zoller e Tonico Grisi (de branco), na entrega da placa em homenagem ao saudoso Antonio Grisi Filho

Raphael Zoller e Tonico Grisi (de branco), na entrega da placa em homenagem ao saudoso Antonio Grisi Filho

“Já há alguns anos mudamos nosso foco para a pecuária de genética, mas continuamos investindo na qualidade dos animais, por meio de seleção e avaliações constantes. Fico emocionado com a homenagem ao meu pai, um grande criador, que certamente estaria muito feliz se aqui estivesse agora”, afirmou Tonico Grisi, atual titular da Santa Nice.


Com mais de R$ 3 milhões em vendas, Cabanha São Rafael promove leilão histórico

Remate foi comemorativo aos 30 anos do criatório paranaense

Com grande público, animais de excepcional qualidade e organização impecável aconteceu no último sábado (11), a 22ª edição do leilão anual da Cabanha São Rafael. O evento promovido no criatório localizado em São Luiz do Purunã, distrito de Balsa Nova (PR), atingiu o faturamento de R$ 3,27 milhões e preço médio de R$ 45,4 mil, com a comercialização de 72 lotes de exemplares da raça Crioula. Foram vendidas 54 fêmeas, 8 potrancos e o garanhão Vingador do Purunã.

São Rafael ofertou todo o plantel de éguas em vendas verticais

São Rafael ofertou todo o plantel de éguas em vendas verticais

O proprietário da São Rafael, Mariano Lemanski comemorou o resultado do pregão, que marcou o aniversário de 30 anos da cabanha : “Colocamos toda a nossa manada à disposição do mercado, que pode escolher os animais nas vendas verticais. Foi uma proposta ousada e os investidores deram o retorno. Alcançamos o objetivo que é o de cultuar o cavalo Crioulo, expandindo a raça para além dos limites do Rio Grande do Sul”.

Crioulistas de todo o Brasil e de países vizinhos prestigiaram o leilão

Crioulistas de todo o Brasil e de países vizinhos prestigiaram o leilão

Para Marcelo Silva, leiloeiro e diretor da Trajano Silva Remates, o leilão serve de balizador para as vendas da raça Crioula durante o ano: “Quando tivermos qualidade de oferta em pista como a que tínhamos neste remate da São Rafael, acreditamos que teremos resultados positivos”.
A Grande Campeã da Expointer em 2004, Naia do Purunã foi o destaque da noite. A Estância da Liberdade arrematou a égua zaina por R$ 335 mil. “Muito nos honra dar continuidade a essa belíssima história. Parabéns a São Rafael pela celebração desta data”, destacou Evaldo Rosa, titular da cabanha de Rolante (RS).

A Grande Campeã da Expointer, Naia do Purunã foi a principal venda do remate

A Grande Campeã da Expointer, Naia do Purunã foi a principal venda do remate

Entre os machos, a principal negociação se deu com Vingador do Purunã. O pai de cabanha teve as 10 cotas de 10% comercializadas, totalizando R$ 200 mil. Seis cotas foram adquiridas pela Agropecuária Burtet de Cachoeira do Sul (RS).

O pai de cabanha da São Rafael, Vingador do Purunã, foi o destaque entre os machos

O pai de cabanha da São Rafael, Vingador do Purunã, foi o destaque entre os machos

Leilão marca o lançamento do Instituto Purunã

Toda a renda do remate foi revertida para o Instituto Purunã, lançado durante o evento. A instituição foi idealizada para desenvolver o fomento, no âmbito turístico, de novos empreendedores e capacitar pessoas através da educação com vocação plena à sustentabilidade e ao ecoturismo.

O anfitrião Mariano Lemanski lançou o Instituto Purunã durante o evento

O anfitrião Mariano Lemanski lançou o Instituto Purunã durante o evento

“Queremos preservar o meio ambiente da região dos Campos Gerais e resgatar a cultura dos tropeiros, que usando o cavalo, transportavam mercadorias por essa rota, vindo ou indo de Sorocaba”, informou Lemanski.

Presidente Dado Suñe e diretores da ABCCC estiveram presentes no evento

Presidente Dado Suñe e diretores da ABCCC estiveram presentes no evento

Prova credenciou novos inéditos para o Bocal

O leilão integrou a programação da Credenciadora de Inéditos da Cabanha São Rafael, habilitando animais para a disputa do Bocal de Ouro no próximo mês de abril.

São Rafael credenciou inéditos para o Bocal de Ouro 2017

São Rafael credenciou inéditos para o Bocal de Ouro 2017

“Estamos aqui aprendendo. É uma credenciadora particular, muito bem planejada e organizada. A São Rafael é uma referência para todos nós crioulistas e a família Lemanski está de parabéns”, salientou Dado Suñe, presidente da ABCCC – Associação Brasileira dos Criadores de Cavalos Crioulos.

Resultado


FÊMEAS

1º lugar
Jotace Tenteadora, filha de Mackenna Guindo e Jotace Hortência; criador João Cantarelli e expositora Samantha Stolte, Agropecuária Alpha – Viamão/RS
Ginete: Volmir Santos de Guimarães
Nota:18,467

2º lugar
Herança 303 da Vendramin-TE, filha de São João do Juncal Pandemônio e Herança do Carrachi; criador e expositor Aldo Vendramin, Estância Vendramin – Palmeira/PR
Ginete: Nei Eduardo Lima
Nota:18,052

3º lugar
La Pátria da Bela Aliança, filha de Itaqui do Salero Velho e Los Intierros Escarcha; criador e expositor Francisco Carlos Habowsky, Cabanha Bela Aliança – São Bento do Sul/SC
Ginete: Thiago Habowski
Nota:17,769

4º lugar
Macarena do Carrachi, filha de La Invernada Pascuero e Fagulha do Carrachi; criador Altemo Oliveira e expositor Ronaldo de Wallau
Ginete: Fábio Teixeira da Silveira
Nota: 16,771

Público vibrou com o desempenho dos conjuntos em pista

Público vibrou com o desempenho dos conjuntos em pista

MACHOS

1º lugar
Infinito da Camila, filho de As Malke Sedutor-TE e Simpática da Camila; criador Manoel Zirbes Rodrigues e expositores Juliana e Manoel Zirbes Rodrigues, Cabanha Santa Camila – Alegrete/RS
Ginete: Fábio Teixeira da Silveira
Nota: 19,853

2º lugar
Belle Hermano, filho de Dom Carrasco do Purunã e Belle Avelã; criadora e expositora Elizabeth Lemanski, Fazenda Paraíso – Balsa Nova/PR
Ginete: Luiz Fernando Rodrigues
Nota: 18,696

3º lugar
Campero da Pena Branca, filho de JLS Hermoso e Invernada da Camila; criador Euro Ribas e expositor Cesar Kamaroski, Cabanha Marca Prado – Colombo/PR
Ginete: Diogo Fontoura
Nota: 18,652

4º lugar
Galileu da Saff, filho de Guasqueiro do Recanto Crioulo e Três F Raça; criadores e expositores Ademir e Fábio da Silva, Cabanha Saff – Joinville/SC
Ginete: Anderson Nunes
Nota: 17,528


Canal Rural, em parceria com a Programa Leilões, exibe “Programa do Criador”

Produzir com qualidade máxima e com menores custos diante da atual realidade econômica se tornou uma questão de sobrevivência. Visando conduzir os pecuaristas brasileiros para um futuro cada vez mais produtivo e lucrativo, o Canal Rural, em parceria com a Programa Leilões, exibe no dia 13 de março, às 21h30, o Programa do Criador.
Durante uma hora serão discutidos temas importantes para o contínuo progresso da pecuária brasileira.
A pauta escolhida para essa atração inédita foi o “moderno melhoramento genético”. Tecnologias, índices econômicos, eficiência alimentar, ganho de peso pós desmama, precocidade reprodutiva e outras questões que impactam na seleção da raça Nelore serão abordadas.
A jornalista Paula Sant’Ana, que há 15 anos acompanha o agronegócio, é a apresentadora do programa que vai contar com a presença de quatro renomadas personalidades do setor.

Paula 1

A jornalista Paula Sant’ Ana é a apresentadora do “Programa do Criador

Com perfil técnico e informativo, o Programa do Criador vai destacar um caso de sucesso na pecuária de ciclo curto: a trajetória do pecuarista Luciano Borges, do Rancho da Matinha. Os telespectadores vão ter a oportunidade de aprofundar o conhecimento sobre modernas tecnologias e conhecer as inovadoras ferramentas utilizadas por esse criatório mineiro que há mais de 40 anos vem antecipando processos de melhoramento genético e seleção.
Outro convidado especial é o geneticista, pesquisador, professor titular aposentado da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) e assessor do Rancho da Matinha, José Aurélio Garcia Bergmann.
Com mais de 30 anos trabalhando com melhoramento genético, o diretor técnico da ANCP (Associação Nacional dos Criadores e Pesquisadores), Argeu Silveira, também vai participar do programa.
Fechando o time de convidados, o Programa do Criador recebe ainda o presidente da Programa Leilões, Paulo Horto.

*Paula e convidados

Argeu Silveira, Paulo Horto, Paula Sant’ Ana, Luciano Borges e José Aurélio Garcia Bergmann

Você, pecuarista brasileiro, é o nosso convidado especial para acompanhar o Programa do Criador, dia 13 de março, às 21h30, no Canal Rural.


Nelore Carthago promove leilão de alto nível genético e lança projeto de embriões congelados

Criadores, assessores pecuários e profissionais que acompanham o circuito anual de leilões elite da raça Nelore são unânimes em dizer que nunca uma temporada abriu com tamanha qualidade genética. Nos próximos dias 10 e 11 de março, o Leilão Carthago 2017 promete ser um dos mais prestigiados e rentáveis remates da temporada. Tanto os promotores como os convidados não mediram esforços para compartilhar o que de melhor possuem em seus plantéis. “Começamos a idealizar esses dois leilões no ano passado e na reta final, após a Expoinel Minas, conseguimos enriquecer ainda mais o nosso evento. A qualidade é tão grande que já é possível prever que este estará entre os leilões mais importantes de 2017. E isso não é mérito apenas do Nelore Carthago. Todos os criadores colaboraram e fizeram questão de disponibilizar prenhezes e animais da cabeceira de seus plantéis, descendentes das principais doadoras da atualidade. É com muita alegria e gratidão que iremos receber os amigos neloristas para dois dias de negócios, confraternização e surpresas“, diz o anfitrião da festa, Gabriel Belli.

Gabriel Belli

O jovem criador Gabriel Belli abre com chave de ouro a temporada 2017 de leilões elite da raça Nelore

O palco do evento será o mesmo do ano passado: o Hotel Transamérica, na capital paulista. Mas o grande diferencial é que ao invés de um dia de leilão serão dois e além das prenhezes, também foram apartadas bezerras de pista e matrizes consagradas. “O Gabriel é um menino super dedicado e que realiza um trabalho exemplar, com foco no constante melhoramento genético do rebanho. O mercado está aguardando ansiosamente esse leilão, que certamente será histórico”, afirma Paulo Horto, presidente da Programa Leilões.
As assessorias responsáveis pela escolha dos lotes foram: Ipê Ouro, Premier e SAP. Dia 10 de março, sexta-feira, 21 prenhezes e 5 bezerrinhas, entre 4 e 7 meses, estão confirmadas para abir a rodada dupla de negócios. Mathilda FIV Carthago, irmã própria da Reservada Campeã Bezerra da Expoinel 2017, Alucinação 1 da HRO, e da Grande Campeã Nacional da Expoinel 2014, Lawa 3 TE Port , é uma das estrelas da primeira etapa do Leilão Carthago 2017. A bezerrinha, considerada a “cereja do bolo” tem apenas 4 meses e segue para o remate com 1,789 gm/dia de ponderal.

* MATHILDA

Paaaara tudo: 50% à venda da Mathilda FIV Carthago, bezerra que impressiona pela estrutura, comprimento e musculatura.

A bateria de prenhezes conta com renomadas doadoras. Entre elas, Samma FIV Comapi, Taiga FIV M.Verde, Fathina TE Port, Qualitá TE Guadalupe, Viatina TE J.Galera, Alucinação El Far, Javanesa da Guadalupe e Diandria FIV da EAO.

*SAMMA

Rainha Samma: é a principal produtora de gado de pista do Nelore Carthago. Mãe de campeãs como Chiara, Fiorella, Úrsula e da Grande Campeã Nacional Taiga FIV M.Verde.

Encerrando a noite, um show da dupla sertaneja Mateus e Cristiano, deve animar ainda mais os criadores presentes no Hotel Transamérica, em São Paulo. Os irmãos gêmeos nascidos na cidade Taquarituba, na região de Avaré (SP), começaram a aparecer na televisão cantando, justamente, em leilões transmitidos pelo Canal Rural. Hoje, com 20 anos de carreira, a dupla é sucesso nacional!

No sábado, dia 11, o leilão contará com 24 lotes de bezerras e matrizes. Três fêmeas premiadas na Expoinel Minas 2017 foram escolhidas a dedo para o leilão: Hollye FIV HVP (Reservada Campeã Novilha Menor), Madona FIV Agéo (Campeã Fêmea Jovem) e Alucinação 1 FIV da HRO (Reservada Campeã Bezerra). Netas da Prada TE da Sabiá, Parla FIV AJJ, Itália IV… Filhas da Bélgica PO da NI, Fathina TE Port… E várias outras importantes famílias reforçam o comprometimento do Leilão Carthago 2017 com a qualidade máxima da raça Nelore. A doadora Débora FIV Santa Cruz, mãe da Bi Campeã Nacional Joyce FIV EAO, é mais um destaque. O Nelore Carthago e o Nelore Gibertoni vão ganhar um novo sócio.

*DEBORA

A exuberância de uma produtora de campeões: 33% à venda da Débora FIV Santa Cruz, doadora muito funcional e equilibrada, que também chama a atenção pela beleza racial e habilidade materna.

E o que dizer sobre as “meninas da Carthago”? Vallencia e Celina FIV Carthago foram eleitas pelas assessorias como as duas melhores bezerras do plantel do criador Gabriel Belli. Das cocheiras para o leilão… 50% de cada uma serão colocados à disposição do mercado.

2 Meninas Carthago

Futuro promissor nas pistas: Vallencia e Celina FIV Carthago são netas da Prada TE da Sabiá

O Leilão Carthago 2017 faz parte da agenda de leilões oficiais da ACNB (Associação dos Criadores de Nelore do Brasil).
O Canal Rural vai acompanhar na íntegra os dois dias de remate. Na sexta-feira, dia 10, a transmissão ao vivo começa às 21h e no sábado, dia 11, às 13h30.

Além de disseminar genética de alto nível para a ponta da pirâmide produtiva, o Nelore Carthago vai aproveitar o evento para lançar o seu mais novo projeto: “Carthago Embryo”. No dia 11 de março, após o leilão, os criadores interessados em adquirir embriões congelados para produzir animais com avaliação inferior a TOP 5% na PMGZ terão opções de sobra. “Esse projeto é direcionado, principalmente, para quem está iniciando na raça e que dar os primeiros passos com segurança. Todos os embriões congelados à venda são descendentes de jovens doadoras do nosso plantel, muito bem acasaladas com touros melhoradores. Uma nova iniciativa do Nelore Carthago, com preços mais acessíveis, fixos e parcelas de até 24 vezes mensais”, explica Gabriel Belli.

Diante de tanta qualidade e novidade, não restam dúvidas de que o Leilão Carthago 2017 será um sucesso! Gabriel, Daniel Belli e família aguardam cerca de 600 convidados para essa imperdível rodada de negócios!!!!
Estaremos lá, acompanhando todos os detalhes e divulgando os bastidores do evento no instagram @leiloblog, no www.lancerural.com.br e no www.canal.rural.com.br/leiloblog.
E se você quiser conhecer um pouco mais sobre a trajetória do Nelore Carthago, sob o comando do jovem criador Gabriel Belli é só clicar aqui:


Decisão sobre o campeão da Expozebu estará nas mãos de um único juiz

expozebu

Arquivo internet: Julgamento de pista durante a Expozebu – Exposição Brasileira de Gado Zebu

Momento de intensa preparação. Às vésperas do Leilão Carthago – marcado para os próximos dias 10 e 11 de março, os criadores continuam os preparativos visando a Expozebu – Exposição Brasileira de Gado Zebu. A diretoria da ABCZ – Associação Brasileira dos Criadores de Zebu, organizadora do evento, deve definir até o início de abril o nome dos profissionais que ficarão responsáveis pelo julgamento de pista. Desta vez, seguindo uma decisão acordada no ano passado, os critérios mudaram. Cada categoria terá apenas um juiz que será o responsável por definir o grande campeão. A Expozebu acontece entre os dias 29 de abril a 7 de maio, no Parque Fernando Costa, em Uberaba, Minas Gerais.

O julgamento de pista de um único juiz era uma regra antiga, que havia mudado para um colegiado de jurados que juntos entravam em um consenso ao definir os primeiros colocados.

“Acredito ser uma tentativa de resgatar a didática de anos anteriores, bem lá no início mesmo dos julgamentos. É um modelo pouco usado e mais autoral. Na Expoinel foi assim e foi muito elogiado. Agora é esperar e ver como será na Expozebu”, disse o superintendente da ABCZ, Luiz Antônio Josahkian.

Pelo regulamento, a escolha dos candidatos que concorrerão ao posto de juiz será dada pelos expositores. Cada um terá direito de indicar cinco nomes, que na somatória o nome mais indicado poderá ser direcionado à função, que terá será ainda acompanhada de um assistente. A posição final será dada na reunião da diretoria marcada para o dia 4 de abril.

Outra novidade é a volta do Campeonato Matriz Modelo, uma prova que tem como objetivo premiar matrizes que aliem perfeito enquadramento racial nos padrões oficiais da ABCZ, longevidade produtiva e funcionalidade, refletida em proporções, equilíbrio de formas, harmonia de conjunto e regularidade de aprumos.

A Expozebu também traz o campeonato Modelo Frigorífico para escolher o melhor animal para a produção de carne. Será uma avaliação de animais morfologicamente bons de carne e aprumo. Este não conta pontos no ranking.

E este ano ainda voltam os shows. A agenda não foi divulgada.

Inscrições

As inscrições para a Expozebu – Exposição Brasileira de Gado Zebu – continuam abertas e são feitas pela internet através do site www.abcz.org.br. O prazo termina no dia 23 de abril, mas podem terminar antes do dia previsto. Como consta no regulamento, caso as vagas sejam preenchidas (até a lotação dos pavilhões), a ABCZ pode encerrar o prazo de cadastro.

Lembrando que, cada expositor pode levar 15 animais de cada raça. Poderão, entretanto, ser relacionados na ficha de inscrição, até, no máximo, outros 10 animais de reserva, para possíveis substituições.

Mais informações pelo telefone (34) 3319- 3910.


Leilão Parceiros mostra a força da raça Crioula no sul do RS

A égua SJ Bella Vista foi o principal destaque do Leilão Parceiros 2017 realizado no sábado (18), no Parque do Sindicato Rural em São Lourenço do Sul (RS). A baia bragada da Fazenda São João foi comercializada por 50 parcelas de R$ 500, totalizando R$ 25 mil. O animal impressionou pelos movimentos e temperamento, características que a credenciam para a disputa de mais um ciclo na raça Crioula.

A égua SJ Bella Vista se destacou como a principal negociação da noite - Foto: JG Martini

A égua SJ Bella Vista se destacou como a principal negociação da noite – Foto: JG Martini

“A égua herdou o que há de melhor no pai, o Registro de Mérito, BT Fiador. Este é um leilão que apenas a São João organizava e nestes últimos dois anos tivemos novos parceiros. Na pista apresentamos animais de muita qualidade, por isso o retorno dos criadores”, afirmou o titular da Fazenda São João, João Alberto Cunha da Rocha Filho.

Titular da Fazenda São João em entrevista na aberta do leilão

Titular da Fazenda São João em entrevista na aberta do leilão

Outros quatro criatórios promoveram o pregão: Cabanhas do Mako e Santo Expedito de São Lourenço do Sul (RS), Cabanha Lagoa do Sol, de Santa Vitória do Palmar (RS) e Cabanha Villa Matarazzo, de Camaquã (RS) e Amparo (RS).

Criatórios da região sul do RS ofertaram animais de altíssima qualidade genética

Criatórios da região sul do RS ofertaram animais de altíssima qualidade genética

Foram arrematados 48 lotes: 41 fêmeas e 7 machos.
A condução do remate esteve a carga do leiloeiro Fábio Crespo e a transmissão exclusiva foi do Canal Rural.

Animais de todas as categorias foram ofertados no Leilão Parceiros

Animais de todas as categorias foram ofertados no Leilão Parceiros

Remate integrou programação do Núcleo de Criadores de São Lourenço

O leilão Parceiros fez parte do evento promovido pelo NCCCSLS – Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de São Lourenço do Sul, que ainda teve Concentração de Machos, Credenciadora de Inéditos, Freio do Proprietário e Freio Jovem.

Confira o resultado da Credenciadora de Inéditos ao Bocal de Ouro

FÊMEAS

1º Lugar
Guanabara Nazarena,filha de Maragato dos Alpes e SJ Temporona; criador Luis Carlos Junior e expositor Estância da Plasma
Ginete: Raul Lima. Nota: 18,645

2º Lugar
Fortuna da Roraima, filha de Pampa de São Pedro e Safira de São Pedro; criador e expositor Rivadavia Fiorillo Menarim, Fazenda Roraima – Carstro/PR
Ginete: José Fonseca Machado. Nota: 17,683

3º Lugar
SJ Cabrocha, filha de BT Fiador e SJ Viva-TE; criador e expositor Lugano Agricultura e Pecuária, Fazenda São João – São Lourenço do Sul/RS
Ginete: Tiago Duarte. Nota: 16,911

4º Lugar
Aruba da C Dois, filha de Cônsuelo do Infinito e Hussy do Infinito; criador e expositor Eduardo Ferreira Lobo, Cabanha Calil – Três Coroas/RS
Ginete: Luis Gustavo Ruas. Nota: 16,841

Credenciadora de São Lourenço do Sul qualificou novos animais para a disputa do Bocal de Ouro

Credenciadora de São Lourenço do Sul qualificou novos animais para a disputa do Bocal de Ouro

MACHOS

1º Lugar
JA Mate Amargo, filho de Equador de Santa Edwiges e JA Capitu; criador e expositor José Antônio Anzanello, Fazenda Santa Edwiges, São Lourenço do Sul/RS
Ginete: Milton Castro. Nota: 20,117

2º Lugar
PO El Tira, filho de Lutador do Purunã e Nochera Pichona; criador Gonçalo Porto Silva e expositores Estância Don Marcelino/Estância da Plasma – Lavras do Sul/RS
Ginete: Raul Lima. Nota: 19,795

3º Lugar
JA Mandraque, filho de Feriado de Santa Edwiges e Los Santa Estancia; criador e expositor José Antônio Anzanello, Fazenda Santa Edwiges, São Lourenço do Sul/RS
Ginete: Juliano Castro. Nota: 18,441

4º Lugar
Um Valete de Santa Angélica, filho de Jalisco de Santa Angélica e Intrusa de Santa Angélica; criador SUC. de Paulino e Agenor Ávila Costa e expositora Waleska Silva
Ginete: Juliano Lessa. Nota: 13,281

A avaliação técnica das provas foi de Rouget Gigena Wrege, profissional credenciado à ABCCC. Eduardo Bello Brum, Lucio Fontoura e Luciano Guisleri foram os jurados.


Criadores aproveitam o Carnaval de olho na Expozebu

A atenção do Brasil pode estar voltada à festividade do carnaval, mas quando neste cenário os criadores de zebu são colocados em pauta o foco muda completamente. É que estamos a pouco mais de dois meses da maior feira da pecuária zebuína do mundo, a Expozebu – Exposição Brasileira de Gado Zebu, que tem data fixa no calendário e para quem vai participar este é o assunto principal.

Realeza FIV Taj

Realeza FIV Taj pode ser aposta da Taj Mahal na Expozebu 2017

O criador Aciole Castelo Branco, da Taj Mahal Agropecuária, está entre os selecionadores de nelore que aproveitará o feriado para escolher melhor seus animais. Entre suas apostas está a Realeza FIV Taj. A bezerra é filha do clone da Membeca com 1646, mesmo cruzamento que produziu a Rani – vaca que teve 50% de suas cotas vendidas por quase R$ 2 milhões no Leilão do Copa.

“No momento minha maior dúvida é se faço a inscrição da Realeza para a pista de julgamento. Tenho certeza que ela se sairia muito bem, mas estão querendo ela para o leilão Carthago em março”, contou Acioli com orgulho. O criador deve levar à Expozebu em média 10 animais.

Independência FIV da Roma

Independência FIV da Roma, filha do Rambo com Uaca

O criador Marcelo Freitas da Fazenda Sobrado II passará o carnaval próximo à sua propriedade em Ituverava, no interior de São Paulo. Novo na raça (menos de dez anos como selecionador), esta será sua primeira vez na Expozebu como expositor.

“Eu e meu sócio entraremos na pista forte. Já está quase decidido que levaremos a Independência, o Bilbão e Cantiga”, contou Freitas.

Da relação de animais, a grande aposta está na Independência FIV da Roma, filha do Rambo com Uaca – a matriarca da criação de Marcelo.

O superintendente da ABCZ, Luiz Antônio Josahkian, contou que esta é uma atitude comum entre os criadores. Pelo menos é o que ele pensa quando verifica o número de inscrições. Aberta desde o final de janeiro pelo site da ABCZ, o montante de animais cadastrados atinge o número esperado apenas após o carnaval.

“É sempre depois do carnaval que os registros aumentam. Os criadores aproveitam o feriado para olhar o gado, escolher melhor os animais para pista de julgamento. É um momento de muita concentração. É o principal evento do ano”, disse Josahkian que informou que a expectativa da ABCZ é receber o cadastro de dois mil animais.

Inscrições

Os interessados em participar da Expozebu 2017 devem ficar atentos quanto ao período de inscrições que podem terminar antes do dia previsto, 23 de abril. Como consta no regulamento, caso as vagas sejam preenchidas (até a lotação dos pavilhões), a ABCZ pode encerrar o prazo de cadastro.

Lembrando que, cada expositor pode levar 15 animais de cada raça. Poderão, entretanto, ser relacionados na ficha de inscrição, até, no máximo, outros 10 animais de reserva, para possíveis substituições.
Como em todos os anos, a exposição acontece no Parque Fernando Costa, em Uberada, Minas Gerais, no período de 29 de abril a 7 de maio de 2017.

Mais informações no site www.abcz.org.br ou pelo telefone (34) 3319- 3910.