Eleições 2018: já há um favorito para a Presidência da República?

Nesta semana dois institutos de pesquisa divulgaram novos levantamentos sobre as intenções de voto para as eleições de 2018. O Ibope mostrou que o deputado federal, Jair Bolsonaro, pré-candidato pelo PSL à Presidência da República aparece tecnicamente empatado com o ex-presidente Lula no levantamento Ibope encomendado pela Rede Bandeirantes, que possui margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa Vox Populi,  encomendada pela CUT, mostra que mesmo preso há quase dois meses, o ex-presidente Lula mantém vantagem sobre os demais candidatos à Presidência da República.

A consultoria de risco político Eurasia Group analisou os resultados das duas pesquisas e afirmou que não há favoritos para o pleito deste ano. No entanto, há um candidato que está ganhando espaço nos levantamentos segundo o analista político Silvio Cascione.

” Bolsonaro hoje é o que tem mais condições de ir para o segundo turno. Ainda é muito cedo para dizer que qualquer outro candidato seja favorito, mas o Bolsonaro tem um voto espontâneo bem forte e bem acima dos outros candidatos. Ele está ocupando o espaço que era ocupado pelo PSDB tradicionalmente”, afirmou em entrevista ao Mercado&Cia.

Para a Eurasia, é provável que o ex-presidente Lula não seja candidato e os votos da esquerda devem ser pulverizados entre os candidatos que a representam.

“A gente também presta bastante atenção no desempenho da esquerda. Mesmo com a prisão do Lula, mesmo com o fato de que o Lula provavelmente não será candidato, o PT e a esquerda continuam tendo um desempenho bom nas pesquisas. Numa eleição muito fragmentada, com muitos candidatos disputando o voto, não precisa de muito para ir para o segundo turno. É um campo aberto, então a gente precisa também prestar atenção em quem vai ser o substituto do Lula, eventualmente”, explica o analista político da Eurasia.

Assista a entrevista completa:

A consultoria fez um levantamento separando os candidatos entre reformistas, quase reformistas e não reformistas. Veja:

A pesquisa Vox Populi, encomendada pela CUT, mostra que mesmo preso há quase dois meses, o ex-presidente Lula mantém vantagem sobre os demais candidatos à Presidência da República.

No levantamento Ibope, o deputado federal Jair Bolsonaro aparece tecnicamente empatado com o ex-presidente Lula: