O que o Brasil tem para aprender com Israel quando o assunto é o uso da água

Enquanto o Brasil é um dos países com maior disponibilidade de água por habitante no planeta, Israel tem clima desértico. Lá quase metade da produção agrícola é abastecida com água de reuso de esgoto. 

Israel tem um território de pouco mais de 20 mil quilômetros quadrados. Mesmo pequenininho, com apenas 9 milhões de habitantes, o país é um gigante quando o assunto é investimento em pesquisa e desenvolvimento. O território de Israel é composto de deserto e terra semiárida, mas o país também é referência em manejo de água.

Na década de 1940, moradores de jerusalém tinham apenas 10 litros de água para consumir por dia. De lá para cá, houve uma revolução e hoje não falta água na nação de clima desértico. A irrigação é usada não só na agricultura mas em toda a área urbana. Por onde quer que a gente ande, lá está uma mangueira gotejando água.

Em israel, chove em média 500 milímetros por ano, aproximadamente o que chove no semiárido do nordeste brasileiro. O volume de chuvas por aqui é muito diferente do volume registrado em regiões amazônicas, como o norte de Mato Grosso, onde chega a chover, em média, 2000 mil milímetros por ano. O desafio da escassez de água no passado fez o pequeno país do oriente médio liderar uma verdadeira revolução no uso da água que também afetou a  agricultura.

O que o Brasil tem para aprender com Israel no uso da água? Veja mais na primeira reportagem da série Conexão Israel:

Veja mais sobre dessalinização e reuso de esgoto em Israel: