Sucessão no agronegócio requer aptidão

A sucessão no campo foi tema de diversos encontros que participei  pelo país em 2017. Durante o Fórum de Agronegócios do LIDE, realizado em outubro, conversei com o diretor da Sociedade Rural Brasileira (SRB), João Francisco Adrien Fernandes.

Para ele, a temática ainda é um grande desafio para o setor. João Adrien defende que devem continuar na gestão do negócio rural somente aqueles sócios que possuem aptidão para tal desafio.

João é um dos criadores do grupo Rural Jovem, que discute Sucessão e Governança na SRB.

Acompanhem mais um capítulo da retrospectiva 2017.

Uma resposta para “Sucessão no agronegócio requer aptidão”

  1. Luiz Eduardo Reis de Magalhaes disse:

    O João A Fernandes é sem dúvida um dos mais brilhantes líderes do Agronegócio da nova geração !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *