Quinto Mandamento da Produtividade – ocuparás todos os espaços com plantas sadias e vigorosas

Foto: Marconde Ferraz

A unidade produtiva da lavoura chama-se planta. Se você não compreender isso jamais irá entender a importância de ocupar todos os espaços com plantas sadias e vigorosas. Passamos décadas negligenciando o vigor das plantas, a ocupação dos espaços nas lavouras, a distribuição espacial e a relação disso com a produtividade. Aí não tem jeito, a genética, o manejo, seu trabalho, seus custos, não irão conseguir entregar os resultados esperados.

Agora, ter uma lavoura ocupada com plantas sadias e vigorosas, com a população ajustada (sem compensação) e bem distribuída, não é fruto do acaso. Costumo dizer que você só não cometerá “pecado” com este mandamento, se cumpriu bem os quatro mandamentos anteriores. Ou seja, iniciar bem uma lavoura depende da qualidade da semente, da qualidade do tratamento/inoculação, da qualidade do leito de semeadura e da qualidade do processo de semeadura. Tudo isso depende de muito treinamento e planejamento.

Generalizando, é possível afirmar que buscamos incessantemente um botão mágico que aumente a produtividade e melhore nossa rentabilidade. Nesta busca, esquecemos do mais simples, que é ocupar todos os espaços com plantas com elevada capacidade fisiológica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *