3º mandamento da produtividade: cuidarás do leito de semeadura

Onde, quando e como você irá fazer a semeadura é tão importante quanto usar sementes da mais alta qualidade, tratadas e protegidas com perfeição. O leito de semeadura precisa ser construído e, para isso, você precisa se planejar com um sistema de produção desenhado para a sua realidade.

O Brasil possui uma área cultivada muito expressiva e diversa. Por isso, precisamos ficar de olho nos bons exemplos, mas também precisamos estar atentos para as peculiaridades regionais, ou para as particularidades de cada talhão.

Por exemplo, nas várzeas do sul do Rio Grande do Sul as demandas são completamente diferentes das encontradas nas coxilhas. Além disso, as espécies utilizadas na construção do perfil de solo no sul do Brasil são distintas daquelas utilizadas no Cerrado.

A notícia boa é que em todas as regiões de cultivo há excelentes técnicos e consultores preparados para lhe ajudar.

Cuidar do leito de semeadura é construir condições para que você consiga aproveitar ao máximo a janela de plantio, para que a semente encontre as melhores condições possíveis para um rápido e uniforme estabelecimento e para um enchimento de grãos dentro das melhores condições ambientais, com menores riscos; é drenar rapidamente o solo ou estocar toda a água da chuva – cada realidade com suas demandas; é construir perfil do solo com fertilidade bem distribuída e descompactado, com bastante água estocada e com uma biologia mais equilibrada.

E o mais importante: geralmente você poderá fazer isso sem revolver o solo, pois algumas espécies vegetais podem lhe ajudar muito mais do que você imagina. Procure ajuda, há excelentes profissionais nesta área. Venha conosco e aceite o desafio da produtividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *