Caminhoneiros confirmam nova paralisação

O Movimento Nacional dos Caminhoneiros Independentes confirmou que está convocando todos os motoristas para uma nova paralisação durante o mês de Agosto. Alguns membros do movimento se reuniram neste fim de semana no Sul do país para definir o início da greve para o dia 1 de Agosto após o governo anunciar o aumento do PIS/COFINS do diesel de R$ 0,248 para R$ 0,4615 por litro.

Segundo um dos membros, Fábio Roque, o movimento já havia ajudado a convocar a greve de 2015, justamente contra a alta no preço do óleo diesel. “Após aquela greve, o diesel de fato passou a cair, mas agora o aumento dos impostos nos deixou indignados e o governo deu um tiro no pé”, disse Roque.

Ele afirma que a situação fica insustentável para o caminhoneiro com a alta nos impostos e que a greve deve ter adesão maciça. “É inadmissível para um país que precisa recuperar a economia aumentar o diesel. Vamos iniciar uma nova paralisação no setor de transporte no Brasil no dia 1 de agosto e contamos com todos”, disse.

Segundo a Confederação Nacional do Transporte (CNT), o aumento de impostos no diesel deixará todos os produtos consumidos pela população mais caros. A CNT estima que a alta terá impacto de 2,5% no transporte de cargas no país.

  • Jornal Federal
  • Miguel Heinen

    “É inadmissível para um país que precisa recuperar a economia aumentar o diesel. Vamos iniciar uma nova paralisação no setor de transporte no Brasil no dia 1 de agosto e contamos com todos”

  • Paulo Cesar Resende Braga

    A situacao esta ficando muito complicada para o Temer, pois se a greve comecar dia 1, o julgamento dia 2 pode tira-lo da presidencia.

  • Jornal Federal
  • Arnaldo

    Temos que parar o país contra a corrupção que a cada dia está mais enraizada nos 3 poderes!