Cebola previne osteoporose e contribui para a beleza da pele

A cebola é uma das plantas mais utilizadas na culinária brasileira, seja como complemento no tempero ou como parte da composição do prato. Além de ser um alimento de baixa caloria, também é rica em vitaminas A, B1, B3 e C, além de conter cálcio, ferro, fósforo, magnésio, potássio, sódio e silício.

De acordo com o Instituto de Pesquisas Evolutivas, existem pelo menos 5 tipos de cebolas mais conhecidas. A cebola pêra é a mais tradicional e possui um sabor mais intenso e ácido; a cebola branca, a cebola pérola que é mais utilizada em conservas; a cebola chalotas é mais difícil de achar no Brasil, ela tem um sabor mais adocicado e o preço é geralmente mais alto e por fim tem a cebola roxa, também mais conhecida do público e mais saborosa para comer crua ou para ser usada em vinagretes.

Veja 7 principais características da cebola:
– Ajuda na prevenção de câncer de estômago
– Contribui para a beleza dos cabelos e pele
– Ajuda a prevenir problemas renais
– Ajuda a prevenir doenças cardiovasculares
– Ajuda na redução do colesterol ruim
– Ajuda na prevenção de doenças respiratórias
– Anti-inflamatório natural

Um estudo da Universidade de Berna, na Suíça, aponta que o consumo freqüente de cebola pode prevenir a osteoporose. Um grama de cebola por dia pode evitar um processo chamado reabsorção, no qual o osso perde cálcio e torna-se frágil. Quinhentos miligramas de cebolas misturadas com alho, alface, tomate, salsa e pepino teriam o mesmo efeito.

O Instituto Nacional do Câncer, nos Estados Unidos, afirma que homens que têm o hábito de consumir cebola têm menor risco de desenvolver câncer de próstata, graças ao composto à base de sulfeto presente no alimento.

Produção
O clima instável derrubou a oferta nas principais regiões produtoras do país e os produtores de cebola no interior de São Paulo estão animados com a alta do preço nas últimas semanas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *