BNDES prorroga programa que financia aviões agrícolas

    O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) prorrogou na última semana o BNDES Agro. O programa havia sido criado em abril, possibilitando a aquisição de aeronaves e equipamentos por empresas de aviação agrícola. Porém, como tinha saído praticamente no final do ano agrícola do banco (que termina em 30 de junho), nenhum recurso foi na prática liberado até então, o que motivou seu adiamento. A Circular da Superintendência da Área de Operações Indiretas do banco, com os novos prazos, foi publicada na sexta-feira (dia 28) e vigora desde essa segunda (2 de julho).

   Os recursos para a compra de aeronaves e equipamentos aeroagrícolas devem sair via BNDES Finame e o programa contempla apenas produtos de fabricação nacional. Segundo o banco, o financiamento será de até 80% do valor do bem, com prazo de 12 anos para pagar, incluindo carência de até três anos. O juro é de 1,45% ao ano do BNDES, mais até 2,25% anuais do banco credenciado.

O financiamento será de até 80% do valor do bem, com prazo de 12 anos para pagar, incluindo carência de até três anos. O juro é de 1,45% ao ano do BNDES, mais até 2,25% anuais do banco credenciado

    Os empresários aeroagrícolas interessados devem procurar as instituições que operam o Finame para encaminhar as propostas. O BNDES deve homologar as propostas a partir do próximo dia 21 de agosto até 14 de junho do ano que vem – com mais 14 dias de prazo para reapresentação de projetos que tiverem que ser corrigidos ou completados.   

    A possibilidade de financiamento para empresários aeroagrícolas foi uma demanda levada pelo Sindicato Nacional das Empresas de Aviação Agrícola (Sindag) ao Ministério da Agricultura, que faz a interlocução com o banco. A expectativa do mercado é que agora os recursos sejam realmente liberados, para ajudar na renovação da frota nacional, que é a segunda maior do mundo.

 

O programa vale para compra de equipamentos e aeronaves de fabricação nacional

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *