Salvo pela luz amarela

O Grego foi chamado para dar uma palestra nas Faculdades Associadas de Uberaba (Fazu), em Minas Gerais. Sem pensar duas vezes, aceitou. Mas o nervosismo apareceu e, sem coragem de ficar em pé na frente de tanta gente, precisou bebericar uma cachacinha para ganhar forças. O resto dessa história você confere no vídeo.

E o que a luz amarela tem a ver com tudo isso? O Grego te conta!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *