Quem vai decidir as novas eleições no Brasil?

Serão as mulheres! As mulheres já assumem o comando em diversas áreas do agronegócio e participam cada vez mais ativamente das cooperativas, das associações e dos sindicatos.

 

 

 

O Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio, que ocorrerá nos dias 23 e 24 de outubro, em São Paulo, já está praticamente completo, com uma adesão impressionante de mulheres.

Mas, ao corrermos pelo interior do Brasil, especificamente no Mato Grosso, onde participei da Norte Agroshow, em Sinop, capital mundial dos grãos do mundo, observei reações muito diferentes entre os produtores e as produtoras com relação às próximas eleições.

Fui consultar os dados mais recentes de pesquisas de intenção de voto, e a pesquisa da DataPoder360 caiu como uma luz, iluminando minhas percepções.

A declaração de votos nulos e brancos das mulheres registram 34%, quase o dobro da revelada pelos homens. Ou seja, os homens com menos dúvidas na intenção de seus votos, mas as mulheres revelando, ao meu ver, um sentido de que as coisas ainda não estão claras, e com os nomes dos candidatos.

Enquanto Bolsonaro aparece como sendo o favorito pelos homens com 29% das intenções, nas mulheres cai para 14%. Isso, apontado na pesquisa DataPoder360 senti da mesma forma nas minhas observações aqui direto do Mato Grosso.

 

Ou seja, as próximas eleições serão decididas pelas mulheres.

E no campo, no agro e no futuro serão cada vez mais impactados pela mão feminina que são abertas às inovações, preocupadas com a sucessão. Sem os mesmos preconceitos e ideias fixas do antes, do passado sobre o futuro.

O agronegócio, assim como as eleições, serão decididos doravante por uma diversidade de conhecimentos, de visões e também de gêneros.

 

As mulheres no campo passarão a prevalecer, e as mulheres nas próximas eleições irão decidir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *